domingo, 7 de junho de 2015

Dia 79: 2006 - Navega (Mayra Andrade)


Mais um álbum não brasileiro no Disco de Hoje, mas justificativas sempre existem... Desta vez, poderia argumentar dizendo que tem cuíca, que tem chorinho, que algumas músicas foram gravadas no Brasil, que há a participação de músicos brasileiros... Mas a verdade é que acabo colocando aqui algumas coisas que me são apresentadas por pessoas maravilhosas e quero apresentar para outras pessoas maravilhosas...

Mayra Andrade é adorável e radiante. "Navega" é seu primeiro álbum, com a maioria das músicas em criolo caboverdiano, uma em francês... Em outros discos, ela ainda canta português e inglês... Acho que o que mais me encantou foi esta língua criola, parece que entendemos tudo, mas nada...

Começa com "Dimokránsa" (Democracia), linda, viola de chorinho, cuíca gritando uma música de protesto, falando da democracia torta, a democracia de mentiras... Linda letra, deu vontade de estudar a história de Cabo Verde e conhecer as pessoas citadas na música. Informação rápida e superficial: Cabo Verde conquistou sua independência de Portugal em 1975, apoiado por Cuba, e só em 1991 tiveram suas primeiras eleições. O pai dela lutou pela independência. Ela nasceu em Cuba por causa de complicações da gravidez, com recursos médicos mais avançados...

Gostei um montão de "Comme s’il en pleuvait", ritmo, francês, voz, sax... "Regasu" exalta o amor, aquele, de verdade, de pais. Parte o coração, linda demais...

Veja este e os outros discos da moça no site oficial. Não deixe de ouvir e adquirir o Disco de Hoje